(Passion of Land – Robert Heindel)

.
.
.

ESSÊNCIA
(Clarrissa Yemisi – 31.07.2005)
.
Encarou-o com sede de vingança
ousou ver além do que a vista alcança
buscou, num átimo de clarividência
o fundamento,
a essência.
.
Como um guerreiro, empunhando a lança
quis rasgar a teia que o homem trança
entre mistério, razão e demência
ante o estarrecimento
da ciência.
.
E toda a filosofia, áurea herança?
Reduz-se, então, a simples nuança
da suprema sapiência
do aperfeiçoamento
da consciência.
.
Mas a tal resposta, incógnita, dança
e ri, irônica, da alma que cansa
ao constatar sua impotência
vil conhecimento,
vã resistência.
.
E então uma lágrima muda avança
à pálpebra inerte e o ser descansa
recolhido a dormência
do pensamento
da indecência.
.
.
.

.
.
.
.
Leia mais Clarrissa Yemisi em: Miolos de Pote.

Anúncios