.
.
.
CONTRA O PLÁGIO NA BLOGOSFERA
(André L. Soares)
.
O plágio é a praga que se alastra pela blogosfera brasileira. País cuja educação está, há décadas, deficiente e onde a ética já se encontra em avançado estado de putrefação, no Brasil não faltam os falsos escritores, que se proliferam pelos milhares de blogs que surgem todos os dias.
.
O plagiador invade todas as áreas: infiltra-se no jornalismo, ‘sugando’ conteúdos dos grandes portais, sites de jornais e revistas famosas; aventura-se na literatura, colocando seu nome em todo texto que possa gerar os elogios que, de fato, pertenciam a outros; rouba, na ‘cara-dura’, as crônicas daqueles ‘probloggers’ que todos adoram ler.
.
Esse ‘vampiro’ do esforço alheio, desprovido de qualquer mínimo senso de moral, rouba também as imagens mais relevantes da internet, veiculando-as como se as tivesse produzido, sem mencionar a fonte e sem se preocupar com questões inerentes aos direitos de uso.
.
Infelizmente, o resultado de tudo isso é uma blogosfera que se divide, entre a vulgaridade e a pirataria; onde a criatividade fica ilhada e diariamente assaltada por esses vermes.
.
Nem a linha da pornografia – um dos segmentos que mais crescem em todo mundo – escapa. Basta que alguém veicule uma imagem de alguma beldade que tenha, por distração, mostrado a ‘xereca’ ao descer do carro e, algumas horas depois, milhares de retardados exibem a mesma imagem em seus blogs, concretizando a nacionalização da mesmice.
.
Os plagiadores se dividem em dois grupos básicos: de um lado, há os retardados que apenas sugam o conteúdo na íntegra e o ‘colam’ em seu blog; de outro, há os imbecis semi-analfabetos, que até se arriscam a fazer alguma modificação no texto original, acrescentando toda sorte de erros de digitação e de linguagem.
.
A maioria desses dementes faz isso para tentar atrair leitores, na esperança de que os visitantes ‘cliquem’ seus anúncios, de modo a fazer com que lucrem alguma ‘merreca’. É,… porque é ‘merreca’ mesmo. Só um louco pode achar que vai ganhar dinheiro significativo vendendo a imagem daquilo que o planeta inteiro já viu.
.
No entanto, ao agirem assim, apenas prejudicam os poucos blogs que primam pela originalidade e pela qualidade.
.
Isso precisa acabar! Junte-se a nós!
.
Faz-se necessário que, com máxima urgência, nós, que tentamos criar uma blogosfera original e lícita, desenvolvamos ações com a finalidade principal de coibir o plágio. Tais ações devem ocupar três frentes: a informação (porque nem todo plágio é má-fé); a pressão aos órgãos governamentais, para que tomem medidas no sentido de conter e punir, com rigor, os plagiadores; e, por fim, a denúncia e a exposição ‘escancarada’ dos plagiadores.
.
.
.

.
.
.
.

Também escrevi contra o plágio em:
Anúncios