(Tender Passion – Talantbek Chekirov)

.
.
.
À NOITE
(André L. Soares)
.
Na amplidão da noite
os pensamentos correm loucos
entre o sonho e a claridade,
enquanto os olhos procuram
a silueta de seu dorso nu.
.

Nessas horas, filosofar de nada vale,…
toda razão perde o sentido
se, entre espasmos e arrepios,
bem mais alto grita a carne
em um desejo irracional.
.
Sabendo que o bom é breve
e que o prazer é tudo,
minhas mãos, firmes e leves,
se apoderam de sua pelve
com a volúpia de um ladrão.
.

Sem dizer uma palavra,
você se entrega ao ato,
oferta os seios aos meus lábios,
cede o corpo aos abusos
e às delícias da paixão.
.
.

.

Anúncios