(Far Away Michael F. Wood)

.
.
.

ULTIMATO
(Rita Costa & André L. Soares – 03.09.06)
.
Eu quis ser tantas coisas
– ou ao menos, mais que isso –
ir muito além de esposa…
criar…
meus próprios paraísos.
Só não sabia que as escolhas
implicavam em sacrifícios
e vícios tamanhos…

O que eu faço agora…
se essa vida contrasta
com a imensidão dos sonhos?

Na verdade, venho há tempos…
exilando-os em mim mesma,
sobrevivendo de aparências,
presa ao marasmo do cotidiano…
tenho então, evitado conflitos
– na voz passiva –
e como um barco de desejos à deriva…
apenas prossigo.

Mas qualquer hora dessas
eu renasço…
saio sozinha, ganho a rua,
deixo tudo para trás,
em busca da alegria.
Não será sempre assim…
dia desses, crio coragem,
quem sabe até me mando,
assumo outra identidade…

Certo é que… não será hoje!
– tomara, não seja tarde… –
Só não me pergunte… ‘quando’…
.
.
.

Anúncios