(Schirokko – Renato Casaro)

.
.
.

O VERDE NO CINZA
(André L. Soares)
.
É um mundo de falsa paz,
vigiado por ogivas nucleares,…
onde, enquanto o Hubble viaja,
especulando o espaço sideral,
todos os dias, crianças morrem aos milhares.

.

É um cenário contraditório

no qual a fome se expande,
entrecortada por programas paliativos
que distribuem insuficientes alimentos
intoxicados e vencidos.

.

É um planeta devastado

em que, por incrível que pareça,
salva, ainda, uma beleza que resiste,
na mulher de longos cabelos negros
e apaixonantes olhos tristes.
.
.
.
Anúncios