(Oriental Poppies, 1928 – Georgia O’keeffe)

.
.
.

MÃE…
(André L. Soares)
.
Estando sempre
a me guiar por ti…
todo esse tempo,
eu te segui, com o olhar
– em cada movimento –
e fiz, de tua sombra,
régio ponteiro
de meu relógio solar.
.
.
.
Anúncios